Miss Cantine

Alimentos de inverno: as 17 melhores frutas e legumes da estação para prevenir doenças

As Frutas e vegetais são os alimentos mais saudáveis que existem, e especialmente importante na dieta das crianças, porque fornecem uma grande quantidade de vitaminas, minerais e fibras, ajudam a manter a hidratação adequada e a prevenir doenças

Especialistas aconselham o consumo de frutas e legumes da estação, sempre que possível, pois, quando apanhados com a maturação ideal, são mais saborosos, ecológicos e naturais, além de uma opção mais barata para o nosso bolso.

Hoje trazemos para você uma compilação das frutas e legumes da estação outono-inverno que podemos encontrar na Espanha e que eles não devem faltar na alimentação de nossos filhos pelos múltiplos benefícios que eles podem contribuir Seja como sobremesa, acompanhamento, lanche ou lanche para levar para o recreio: não se esqueça de incluir diariamente esses alimentos fantásticos!

Cáqui

O caqui, graças à sua textura suculenta, doce e cremosa, é uma das frutas preferidas das crianças nesta época do ano, além de ser um alimento altamente energético e nutritivo. O caqui se destaca por seu teor de fibras e sua alta contribuição de vitaminas C, B1, B2, B6, E, K e minerais como ferro, magnésio, cobre, potássio ou fósforo.

O ritmo diário que as crianças tomam (escola, extracurricular, esportes, jogos …) pode fazê-las sentir-se cansadas em algum momento ou sofrer alterações de humor: consumir caquis Fornecerá muita energia e será um aliado perfeito para o seu sistema imunológico. Pode ser consumido como está ou em pratos como torradas com pêra e mussarela

Marmelo

Esta fruta típica do outono é perfeita para fazer receitas sem fim, como molhos, saladas, doces ou macedônio e também contém vários benefícios. O marmelo é especialmente adstringente, então Ajuda a combater a diarréia e outros problemas estomacais tão comum na infância, e é uma grande fonte de potássio.

Pinha

A pinha é uma fruta muito completa, com muitas propriedades, que fornece minerais como potássio, ferro ou cálcio, que Ajuda a manter os ossos fortes e a prevenir cãibras musculares.

Entre suas muitas propriedades, destaca também seu alto teor de fibras e vitaminas dos grupos B e C. Além disso, o principal componente dessa fruta é a água, por isso é perfeito para manter a hidratação adequada.

O ponto negativo dessa fruta é que não é fácil comer para os pequenos, e você deve ter muito cuidado com os canos. Mas sua carnificina, suculência e sabor doce fazem dele um dos frutos da estação.

Os sete alimentos que não podem faltar na dieta das crianças

Maçã

A maçã é uma fruta muito completa e com inúmeras propriedades para o corpo. Além disso, é possível apreciá-lo durante todo o ano. A maçã é uma fonte de fibra, que ajuda a regular o trânsito intestinale contém altos níveis de potássio, magnésio, sódio, fibras, cálcio e vitaminas A, B, C e E.

É especialmente hidratante e fornece uma dose extra de energia, sendo um alimento rico em carboidratos de rápida absorção. Portanto, é perfeito manter o ritmo diário frenético que enfrentamos. Existem inúmeras receitas nas quais você pode incluir as rainhas do outono.

Frutas e vegetais ricos em vitamina C

Frutas como kiwi e frutas cítricas (laranja, limão, tangerina, toranja …) e vegetais como couve-flor, pimenta vermelha, brócolis, acelga e espinafre são ricos em vitamina C, um micronutriente caracterizado por impulsionar nosso sistema imunológicoe ajude a prevenir resfriados e aliviar seus sintomas.

Além disso, a vitamina C possui ação antioxidante, participa da formação de colágeno, ossos, dentes e glóbulos vermelhos e promove a absorção de ferro dos alimentos, contribuindo para uma boa saúde geral.

Conselhos práticos para as crianças comerem mais vegetais

Banana

A banana é rica em vitaminas A, B, C e E, possui um alto teor de ferro e possui * grandes quantidades de fibra, cálcio e potássio, que Ajuda a equilibrar a pressão sanguínea, fornece energia ao corpo e evita o aparecimento de cãibras musculares, um problema muito comum, especialmente em crianças esportivas.

Uvas

As uvas são pobres em gordura e ricas em ferro e potássio, portanto são perfeitas para consumir entre as refeições ou como um lanche saudável para levar ao recreio. Além disso, eles não contêm colesterol ou sódio, então cuidar da saúde dos nossos rins, fígado e intestino.

As uvas são um poderoso antioxidante, rico em vitaminas A, K e B1, que ajuda mantenha os ossos fortes e proteja a pele, tão delicado na infância.

Mas lembre-se de que as uvas, devido à sua forma arredondada, são um dos alimentos com os quais as crianças se engasgam com mais facilidade, por isso é importante oferecê-las sem casca e divididas ao meio, principalmente quando são muito pequenas.

Pirâmide infantil para as crianças terem uma dieta lúdica equilibrada

Vegetais de folhas verdes

Os vegetais de folhas verdes têm um alto conteúdo nutricional e trazer grandes benefícios para o corpo. Eles são ricos em vitaminas A, C e K (agrião, acelga), ajudam a reduzir o risco de diabetes tipo 2, combater a anemia graças às suas grandes quantidades de ferro (espinafre) e ácido fólico (endívias).

No entanto, os vegetais de folhas verdes contêm altos níveis de nitratos (especialmente acelga e espinafre), portanto, não é recomendado para consumo em crianças menores de um ano e é aconselhável limitar as rações a três anos de vida.

Restrições de vegetais com altos níveis de nitratos durante a infância

Couve-flor e brócolis

Brócolis e couve-flor pertencem à mesma família e são dois dos vegetais de inverno que fornecem mais vitaminas, minerais e propriedades. Ambos são uma excelente fonte de fibra, contêm grandes quantidades de ácido fólico e fornecem vitaminas (vitaminas A, C e B) e minerais, especialmente desobstruindo cálcio, potássio e fósforo.

Ambos os vegetais melhoram o trânsito intestinal, fortalecem o sistema imunológico, protegem a saúde do coração e ajudam a combater o humor ou a irritabilidade, além de fadiga e cansaço excessivo.

80% das pessoas não consomem cálcio e vitamina D de que precisam (e isso é preocupante)

Devido à sua fácil aderência ao corpete, o brócolis é geralmente um dos primeiros vegetais escolhidos pelos pais quando eles começam com a alimentação complementar do bebê com base no método BLW.

Abobrinha

Como resistir a um delicioso creme de abobrinha, algumas deliciosas abobrinhas recheadas ou algumas pizzas em miniatura de abobrinha? Este vegetal, que admite várias formas de cozinhar e todas deliciosas, é geralmente um dos favoritos dos pequenos por seu sabor delicado e macio, e um dos primeiros a aderir à dieta quando começamos com alimentos complementares.

A abobrinha fornece fibra abundante e quantidades notáveis ​​de ácido fólico, potássio, ferro, manganês e vitaminas A e C. Portanto, é um aliado perfeito para mantenha os ossos fortes, proteja o sistema digestivo e cuide da saúde do sistema nervoso e do sistema imunológico.

Feijão verde e ervilhas

O feijão verde pode ser apreciado quase o ano todo e, como outros vegetais que vimos, ele admite várias formas de cozinhar, por isso é fácil encontrar a preparação perfeita para deslumbrar o paladar das crianças.

Tanto o feijão verde quanto a ervilha contêm uma grande quantidade de fibras, água, vitaminas e minerais, especialmente potássio e magnésio. É por isso que eles são os legumes perfeitos durante o crescimento das crianças, contribuindo para o bom funcionamento do sistema nervoso e do trânsito intestinal.

Cenouras

A cenoura é um excelente alimento do ponto de vista nutricional, graças ao seu teor de vitaminas e minerais. A água é o componente mais abundante, seguido pelos carboidratos, com esses nutrientes fornecendo energia.

É uma fonte de vitaminas A, E e do grupo B, como folatos e vitamina B3 ou niacina. Em relação aos minerais, a contribuição de potássio e quantidades discretas de fósforo, magnésio, iodo e cálcio.

Sempre O consumo de cenoura tem sido associado a uma boa saúde visual, e é que seu alto conteúdo de beta-caroteno, antioxidante natural, melhora a visão e a percepção das cores ao longo da vida e reduz o risco de perda da visão na velhice.

Viva para o paladar
O guia definitivo para produtos de inverno. Recomendações e muitas receitas para usá-las

Tente cortá-lo em palitos para que as crianças o consumam como lanche. É um lanche delicioso e muito saudável que você vai adorar! Mas tenha muito cuidado ao oferecê-lo a crianças muito pequenas, porque ser um alimento duro quando consumido sem cozinhar, pode causar asfixia. Aqui deixamos as melhores 47 receitas de cenoura: saladas, cremes, ensopados, acompanhamentos e sobremesas

Alho-poró

O alho-poró possui uma quantidade significativa de fibras, folatos, água, vitaminas e minerais, especialmente potássio – necessários para a transmissão e geração de impulso nervoso e atividade muscular normal-, magnésio, cálcio e ferro.

Todas essas propriedades fazem deste vegetal um alimento muito benéfico na dieta das crianças, e seu sabor suave é perfeito para a preparação de cremes, sopas, purês e em muitas outras receitas.

Berinjela

A berinjela é outro dos legumes favoritos das crianças, que combina perfeitamente com qualquer ensopado de carne ou peixe, bem como com outros vegetais, especialmente com abobrinha.

Destacam-se por seu alto poder antioxidante e alto teor de água, o que ajuda a manter a hidratação correta do corpo, para combater o colesterol e melhorar a digestão. Também é uma excelente fonte de fibras e vitaminas A, B e C. Aqui você tem 67 receitas saudáveis ​​de berinjela para aproveitar ao máximo e descobrir qual é a preferida em casa.

Alcachofras

E terminamos nosso passeio pelas frutas e legumes da temporada de inverno com a alcachofra, um vegetal conhecido por suas muitas propriedades, especialmente por proteger contra doenças cardíacas e reduzir o colesterol.

As alcachofras contêm canela e fibras, que favorecem a digestão, além de quantidades significativas de fósforo, ferro, magnésio, cálcio, potássio e vitaminas, entre as quais vitamina B1, vitamina C e niacina.

Além disso, a alcachofra brinca bastante na cozinha e nos permite preparar infinitas receitas que adultos e crianças vão gostar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *