Miss Cantine

Maquiagem ao nascer: pode ser prejudicial?

Em alguma ocasião, vimos celebridades que compartilharam suas fotos após o parto, onde são mostradas com um aparência radiante e maravilhosa, maquiladas e manicure feitas. Essa questão tende a gerar debate: por um lado, aqueles que apostam em se sentirem bonitos em um momento tão importante quanto isso e, por outro, que o consideram supérfluo e até prejudicial.

Perguntamos a María José Remesal, matrona do Hospital Universitário Virgen de Valme, em Sevilha, sobre esse tópico polêmico: É prejudicial usar maquiagem para dar à luz?

Posso usar maquiagem no momento da entrega?

Maria José trabalha como parteira há anos e há muitas histórias que ela pode nos contar sobre nascimentos. Entre eles está um dos mais comuns e é que as contrações trabalhistas começam no meio de uma festa de família ou jantar fora de casa.

“Todos os dias mulheres de maquiagem vêm ao hospital para quem ele pega o nascimento comemorando um casamento de um amigo ou parente ou em uma refeição fora de casa. E eles dão à luz o divino! “- brinca essa matrona.

“Portanto, a priori, não há risco de dar maquiagem ao nascimento, se a ocasião se apresentar, embora sempre que possível seja aconselhável ir ao hospital sem maquiagem, hidratante ou unhas pintadas, algo que, em qualquer caso, deve ser evitado se você vai ter uma cesariana ”

Por que você deve evitar maquiagem na sala de cirurgia?

A recomendação de evite maquiagem facial, hidratante e esmalte antes de entrar na sala de cirurgia É comum em protocolos hospitalares, e podemos lê-lo em qualquer folha de instruções para pacientes que vão fazer cirurgia. E uma cesariana é cirurgia.

O motivo para evitar cremes corporais é que a pele deve estar limpa para poder colar adesivos ou usar placas, se necessário. Por sua vez, maquiagem e esmalte não devem ser usados ​​porque impedir que o anestesista veja a cor da pele do paciente, algo importante para avaliar seu estado de saúde.

“Existe um teste chamado” teste de preenchimento de pelos nas unhas “que serve para monitorar a quantidade de fluxo sanguíneo que atinge os tecidoss. Isso é feito pressionando o leito ungueal, ou seja, a base da unha, até que fique branca, e o tempo que leva para ficar rosa novamente é contado. Nos casos em que não há alteração no fluxo sanguíneo, a cor rosa retorna em menos de dois segundos “- explica María José.

“É por isso que recomenda-se não usar unhas pintadas, mas logicamente em caso de emergência, você não perderá tempo removendo o esmalte. O mesmo acontece com maquiagem, pois cobre a cor natural da pele do rosto e lábios, embora, em caso de sangramento, a primeira coisa afetada sejam as partes distais, ou seja, mãos e pés “

Portanto, no caso de uma cesariana programada em que você sabe de antemão que irá para a sala de operações, o médico informará você previamente sobre esse e outros aspectos a serem levados em consideração, incluindo o rápido que você deve manter, o tipo de higiene que deve ter e os objetos a evitar (jóias, dentaduras, lentes de contato …).

Então, maquiagem ou não maquiagem?

A parteira nos diz que a indicação de “Não vá maquiagem para o parto” Não é generalizado em todos os hospitais. Existem centros nos quais essa recomendação é feita à gestante nas últimas consultas antes do parto e outras em que não é contemplada.

Maria José, porém, recomenda que sempre que possível, evitemos usar maquiagem e unhas pintadas, para facilitar o trabalho do pessoal de saúde e porque realmente nunca sabemos como nosso trabalho pode terminar. Brincadeira nos dizendo que “Se o parto nos pegar maquiagem, não vamos nos estressar com isso”

Depois de dar à luz, após consultar a equipe de saúde, você pode se maquiar, se desejar. Há mulheres que gostam de ficar bem após o parto e até contratam os serviços de uma estilista ou cabeleireira enquanto estão no hospital.

Com ele olhando para se sentir bonita, não apenas pelas visitas que recebem, mas também pelas fotografias tiradas como lembrança das primeiras horas com seus bebês. Além disso, há quem admita que a maquiagem os faz melhorar sua auto-estima e até os ajuda a se sentir melhor, tanto física quanto emocionalmente.

Mais e mais mulheres contratam uma estilista para deixar a sala de parto com o bebê e parecer melhor

Por outro lado, estão aquelas mulheres para quem sentir-se bonita após o parto não é importante. Além disso, muitos até evitam o uso de cremes para o corpo, tratamentos faciais e outros cosméticos, para que o contato pele a pele com seus bebês seja o mais natural possível.

Pessoalmente, acho que a decisão de maquiagem ou não muito respeitável, embora eu também acredite que, além do gosto da pessoa, o humor e o estado físico em que ela também é influenciada. E não é o mesmo que se sentir bem fisicamente, muito doloroso, atordoado e exausto.

Para mim, por exemplo, Eu realmente gosto de me cuidar, de me maquiar e de ficar bonita diante do espelho, mas reconheço que nunca me ocorreu fazê-lo durante a minha estadia no hospital após o nascimento dos meus filhos. Principalmente porque na época eu não queria ser mais ou menos bonita diante dos outros ou das fotografias, mas também porque principalmente porque estava tão dolorida e cansada depois da cesariana que tinha pouco desejo de remover o pincel e o blush.

E você, você já deu maquiagem ou decidiu fazer as pazes após o nascimento?

Jared | Pilar Rubio e Chiara: as duas maquiagens e ideais após o parto e não, não é assim que geralmente sai

Em bebês e muito mais | A cesariana antes do parto altera a resposta imune do bebê. Ele passou o tempo entre as contrações para fazer a maquiagem para ser perfeita no momento do parto. Mais e mais mulheres contratam uma estilista para deixar a sala de parto com o bebê e uma aparência melhor, Gostaria de ter um relatório fotográfico profissional do nascimento do seu bebê? Sete coisas que você deve saber, auto-estima

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *