Miss Cantine

15 alimentos com ômega 3 que ajudam no desenvolvimento do cérebro do bebê e que também são bons para adultos

Uma dieta completa e equilibrada nos ajuda a obter os nutrientes e vitaminas essenciais para uma vida saudável, como cálcio ou ferro. Outro dos nutrientes que nos dá boa saúde são os ácidos, entre os quais se destacam o ômega 3 e o ômega 6.

Hoje nós compartilhamos você 15 alimentos com Omega 3, que além de ajudar no desenvolvimento do cérebro do bebê, também são bons para adultos.

Omega 3: o que é e por que precisamos

O ômega 3 é um tipo de gordura poliinsaturada, considerada um ácido graxo essencial, uma vez que o corpo não pode produzi-las por conta própria. Portanto, devemos recorrer ao consumo de certos alimentos para obtê-lo e, assim, nos beneficiarmos de suas propriedades.

Durante a gravidez e a lactação, é importante certificar-se de consumir Omega 3, pois esse ajuda ao desenvolvimento do cérebro do bebê, melhora sua função cognitiva e neurológica e ajuda no desenvolvimento do sistema nervoso.

Além dos benefícios de desenvolvimento cerebral do bebê, o Omega 3 também é bom para adultos, pois efeito anti-inflamatório e auto-imune Isso poderia ajudar a reduzir o risco de certas doenças que são caracterizadas por processos inflamatórios e doenças mediadas por reações imunes. Também ajuda a prevenir o aparecimento de problemas vasculares.

Alimentos com Omega 3

Salmão

Peixes gordurosos ou azuis são os que contêm mais Omega 3, e entre eles está o salmão, que contém entre 1,5 e 3 mg por cento e também é fonte de vitamina D, cálcio e potássio. Podemos apreciá-lo em uma variedade de receitas assadas,

Atum branco

Além de nos fornecer Omega 3, o atum branco É uma boa fonte de proteína, potássio e fósforo. Durante a gravidez, é aconselhável consumir peixe azul três vezes por semana, mas lembre-se de que é proibido consumir qualquer tipo de peixe cru ou frutos do mar.

Sardinhas

As sardinha São outros peixes gordurosos ou azuis, ricos em ômega 3 e com baixo teor de mercúrio, além de vitamina D, iodo, cálcio e potássio. Principalmente podemos consumi-los como um delicioso lanche ou com macarrão.

O consumo regular de peixe na gravidez traz benefícios para o cérebro e protegeria contra o autismo

Sementes de chia

As de chia Eles são uma das sementes que oferecem a maior proporção de gorduras boas e, por isso, são uma excelente fonte de ômega 3 à base de plantas. Podemos apreciá-los no café da manhã e sobremesas.

Sementes de linhaça

Eles são uma das principais fontes de ômega 3 entre os alimentos vegetais, porque possuem ácido alfa linolênico ou ALA no interior. Por cada 100 gramas de sementes de linhaça Existem cerca de 22 gramas de ômega 3 e eles também oferecem proteínas, fibras e vitamina E, além de cálcio e potássio. Essas sementes podem ser incluídas nas receitas de pães e biscoitos.

Amêndoas

As amêndoas Eles também são uma fonte de gorduras de qualidade, entre as quais se destacam os ácidos graxos monoinsaturados e poliinsaturados, nos quais o ômega 3. é encontrado.Com eles, podemos preparar uma aveia crocante e muesli de amêndoa.

Nozes

Além de conter ácidos graxos de boa qualidade, como ômega 3 e ômega 6, o nozes Eles contêm fibras, antioxidantes, proteínas vegetais e micronutrientes valiosos. Podemos adicioná-los ao café da manhã ou molho.

Manteiga de amendoim

Por cada 100 gramas de manteiga de amendoimPodemos obter 10,3 gramas de ômega 3, mas, além disso, um estudo descobriu que consumir amendoim durante a amamentação pode ajudar a reduzir o risco de o bebê sofrer de alergias no futuro. Podemos usar manteiga de amendoim como substituto da manteiga para torradas no café da manhã ou fazer algumas receitas que a incluam, como molho ou muffins.

Azeite virgem extra

É um dos óleos vegetais mais saudáveis ​​que contém ácidos graxos monoinsaturados. Nós podemos usar azeite virgem extra para fazer biscoitos, biscoitos e vestir saladas.

Óleo de noz

Por cada 100 gramas de óleo de noz, temos 10,4 gramas de ômega 3. Podemos usá-lo para fazer biscoitos, pães e bolos.

Os 24 alimentos mais recomendados durante a gravidez, mas sempre benéficos

Óleo de canola

Ele óleo de canola Possui cerca de 9 gramas de ômega 3 por 100 gramas e podemos usá-lo para substituir outros óleos para vestir ou refogar.

Abacate

Além de ser rico em ômega 3, o abacate Contém vitaminas A, C, D, E K e B, como tiamina, biotina, vitamina B 12 e ácido fólico. Podemos usá-lo como um complemento para saladas ou torradas e sanduíches.

Azeitonas

Como abacate, o azeitonas Eles são ricos em gorduras monoinsaturadas e incluem outros nutrientes, como potássio, magnésio e cálcio. A maneira mais fácil de comê-los é como aperitivo, mas também podemos incluí-los em algumas receitas, como quiche ou biscoitos.

Soja

A única leguminosa que oferece gorduras, e no soja Podemos encontrar 11 gramas de Omega 3 por 100 gramas. Podemos incluí-lo em nossa dieta em saladas, hambúrgueres ou ensopados.

Aveia

Além de fornecer nutrientes como cálcio, potássio e antioxidantes, o aveia É uma fonte de boas gorduras para o corpo, incluindo o Omega 3. Este cereal não pode ser apreciado apenas no café da manhã, mas também em biscoitos, pães e hambúrgueres.

Além desses alimentos que nos trazem ômega 3 naturalmente, podemos encontrar no mercado outros produtos que foram enriquecidos com ômega 3, como laticínios, biscoitos, cereais, iogurte e ovos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *