Miss Cantine

Como ensinar seu filho a fazer a barba pela primeira vez, passo a passo

Há na adolescência as primeiras vezes que nossos filhos nunca esquecem, como o primeiro dia do ensino médio ou o primeiro amor, entre outros. E há alguns em que, além disso, eles também marcam os pais: como a primeira vez que a regra chega ou o primeiro barbear.

As mães tentam ensinar nossas filhas a usar um absorvente interno difícil, com 12 anos e útil principalmente no verão, com tantos banheiros. Mas também a experiência adulta serve para Ensine nosso filho a fazer a barba pela primeira vez, apenas para evitar cortes ou ferimentos inesperados.

O adolescente decide quando fazer a barba

As mudanças que eles experimentam com 12 ou 13 anos podem sobrecarregá-los e até constrangê-los, para evitar discuti-los com seus pais, seus melhores aliados, mesmo que não percebam isso.

E entre as crianças, a aparência de pêlos no rosto, a princípio como ‘bigode no bigode’, pode ser um daqueles momentos de dúvida e vergonha. Ele pode não gostar de sua aparência ou talvez seus colegas de classe o estejam pressionando para tirá-lo.

“Temos que nos colocar atrás de nossos filhos adolescentes para ajudá-los a decolar”, conversamos com Josep López Romero

A verdade é que não há idade para fazer a barba pela primeira vez e é a criança que decide quando chega a hora. Como pais, devemos acompanhar, estar lá para ajudá-los quando nos pedirem, para nos oferecer se os virmos duvidar, mas não para pressioná-los.

É verdade que o pai é quem pode ensinar melhor o filho a fazer a barba e transformar essa primeira vez em um momento inesquecível pai-filho, mas ‘por consenso’, sem pressionar.

Existem várias condições que podem tornar o primeiro barbear um sucesso ou um fracasso, como a esfoliação correta, a aplicação correta do gel, a hidratação subsequente adequada, a escolha certa da navalha ou, é claro, seu uso impecável.

De fato, a BIC®, fabricante de produtos para barbear, explica que “Considera-se que aprender a tirar o máximo proveito da navalha desde o início é a chave para o barbear ser o ritual de uma beleza eficaz e agradável que se espera”. Eles nos dão alguns truques que consideram básicos e que serão muito úteis.

As três etapas da adolescência e o que esperar em cada uma delas

Seu primeiro barbear, passo a passo

É claro que a pele do pai e do filho não é exatamente a mesma, pois a idade, o barbear e muitos outros fatores os diferenciam em sensibilidade e tato. Portanto, é necessário escolher uma boa lâmina de barbear para o seu filho e que o pai e o filho não usem os produtos da mesma maneira.

1. Escolha a lâmina apropriada. Existem muitos tipos de aparelhos de barbear. No entanto, aqueles que possuem as tecnologias mais avançadas são, sem dúvida, os mais recomendados, especialmente até que se torne prático.

Se você tem acne, as lâminas com mais folhas são um pouco melhores porque permitem uma melhor filtragem e raspam apenas os cabelos, evitando danos e cortes desnecessários, e se você tem uma cabeça flexível, ela se adapta bem à sua pele.

2. O momento ideal. À noite, isso permite que a pele se acalme e se regenere durante o resto da noite, impedindo que ela seja exposta a intempéries (frio, vento, calor etc.) enquanto ainda está irritada.

Se possível, é aconselhável fazê-lo ao sair do chuveiro, porque o calor abre os poros e os cabelos são melhor removidos.

3. Prepare a pele. O gel de barbear ou a espuma dependerão das preferências do seu filho. Fazer a barba sem usar isso é bastante prejudicial à pele. Melhor evitar produtos sem álcool.

4. leve pressão. Recomenda-se mover a navalha sobre a pele, exercendo leve pressão para evitar irritações ou vermelhidão. É melhor fazer vários passes do que fazer um, forte e acabar cortando.

5. Use as duas mãos. Um é responsável por levar e conduzir a navalha pela área a ser barbeada; o outro deve cuidar da preparação do caminho; isto é, para esticar e apertar a pele.

6. Na direção do cabelo. Passar a navalha em contraste com o crescimento do cabelo permite obter um resultado mais apressado. No entanto, fazê-lo da mesma maneira ajuda a evitar o aparecimento de vermelhidão ou irritação. Portanto, no início, a segunda opção é mais aconselhável. Para descobrir em que direção o cabelo está indo, basta passar a mão.

No queixo e nas bordas da mandíbula, é melhor seguir o contorno do rosto com passes curtos e suaves.

7. Loção pós-barba. Após o barbear, basta usar a loção para hidratar a pele, fechar os poros e, depois de alguns tapinhas nas bochechas, concluir o primeiro barbear. Melhor não levar álcool, já que a pele do adolescente ainda é muito sensível.

8. Limpe a navalha. Após o barbear, lave a navalha com água quente para remover o cabelo e o creme e deixe secar naturalmente. Nunca manuseie os lençóis ou seque-os com uma toalha, pois isso poderá estragá-los para uso futuro.

Tire boas notas, boa aparência e ajuste social: as coisas pelas quais os adolescentes se sentem mais pressionados

E se aparecerem pêlos sob a pele?

Um sinal inequívoco de que não se depila bem são os pêlos císticos, ou seja, crescem abaixo da pele. Isso se deve principalmente à escolha errada da máquina de barbear, fazer a barba na direção errada ou usar uma máquina de barbear já desfilada.

Nesses casos, é aconselhável esfoliar a pele antes do barbear para liberar os pêlos presos, bem como aplicar o gel ou a espuma de barbear com um movimento circular contrário à direção dos cabelos.

Quando isso muda a lâmina?

Chega um momento em que obter o resultado perfeito requer mais esforço. É quando é hora de substituí-lo.

Esperamos que essas dicas sejam úteis para você e que o primeiro barbear do seu filho, com sua ajuda, seja uma bela lembrança inesquecível para os dois. Porque, embora ele não seja mais criança, ele ainda precisa dos pais tanto ou mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *